Busca


  Notícias

Simpósio internacional no MAST discute ensino da Museologia

Segundo dia é marcado por debates sobre programas de pós-graduação no Brasil e no exterior. Evento termina amanhã, dia 31.

(Da esq. para a dir.) Tereza Scheiner, da UniRio, Áurea Pinheiro, da UFPI, Lena Vania Pinheiro, do IBICT, Marcelo Cunha, da UFBA, Camilo Vasconcellos, da USP, e Antônio Costa, do MAST. Crédito: Bruna Aguiar (MAST).

O debate sobre diferentes programas de pós graduação em museologia oferecidos no Brasil e no exterior foi o destaque do segundo dia do Simpósio Internacional "Museologia, Pesquisa e Ensino de Pós-Graduação. Promovido pelo Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST), o encontro vai até à próxima quarta-feira, dia 31, e conta com a participação de pesquisadores de institutos brasileiros, portugueses, britânicos e croatas.

"Embora uma prática milenar, a Museologia, como ciência, se torna uma realidade nos cursos de pós-graduação. É onde está concentrada a produção científica da área", afirma Lena Vania Pinheiro, do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT). Ela foi mediadora da mesa-redonda "Programas de Pós-Graduação em Museologia no Brasil", realizada das 14h às 17h. Também participaram Antônio Carlos da Costa, diretor substituto do MAST e vice-coordenador do Mestrado Profissional em Preservação de Acervos em Ciência e Tecnologia do Museu, Camilo Vasconcellos, do Programa Interunidades em Museologia da Universidade de São Paulo, Marcelo Cunha, do Programa de Pós-Graduação em Museologia da Universidade Federal da Bahia, Áurea da Paz Pinheiro, do Programa de Pós-Graduação em Artes, Patrimônio e Museologia da Universidade Federal do Piauí e Tereza Scheiner, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio (MAST /UNIRIO).

Pela manhã, das 10h às 13h, foram discutidas as experiências internacionais. A mesa redonda "Programas de Pós-Graduação em Museologia no Exterior", mediada por Priscila Faulhaber, pesquisadora do MAST, contou com a participação de Paula Menino Homem, do Programa de Pós-Graduação em Museologia da Universidade do Porto, em Portugal, Isobel Whitelegg, da Universidade de Leicester, no Reino Unido, e Darko Babic, da Universidade de Zagreb, na Croácia. O Simpósio marca a comemoração dos 10 anos do Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio (PPG-PMUS). Fruto de uma parceria entre o MAST e a UniRio, é o primeiro Programa stricto sensu em Museologia criado no País e o único da América Latina. São oferecidos Mestrado e Doutorado em Museologia e Patrimônio, com foco na formação de profissionais comprometidos com o avanço do conhecimento na área.

Nos 10 anos de existência, foram formados 97 mestres e 9 doutores, todos absorvidos pelo mercado de trabalho. “Fazemos um acompanhamento anual sobre a situação de ex-alunos e com orgulho podemos anunciar que todos estão em plena atividade na área”, comemora Marcus Granato, Coordenador de Museologia do MAST e vice-coordenador do PPG-PMUS.

Os bons resultados atraíram a atenção de universidades e instituições de pesquisa de vários países. Hoje, há projetos sendo realizados em parceria com as Universidades de Coimbra e Lisboa, ambas de Portugal, Paris 3, da França, Leicester, da Inglaterra, e Masaryk, da República Checa.

Confira a programação completa


(Da esq. para a dir.) Darko Babic, da Universidade de Zagreb, Isobel Whitelegg, da Universidade de Leicester, Priscila Faulhaber, pesquisadora do MAST, e Paula Menino Homem, da Universidade do Porto. Crédito: Bruna Aguiar (MAST).



Bolo comemorativo pelos 10 anos do PPG-PMUS. Crédito: Bruna Aguiar (MAST).


  Menu

Informações Complementares

Histórico
Diretoria
Comissão e Conselho
Convênios
Acordos e Parcerias
Licitações e Contratos
Organograma
Regimento Interno
Relatórios
Plano Diretor
Identidade visual