Busca


  Céu do mês

O CÉU DE MAIO

 

Agenda Astronômica

Sol e Lua - Nascer e Ocaso

 

 
 
Sol
 
Lua
   
Nascer
 
Ocaso
 
Nascer
 
Ocaso
Dia
hh mm
hh mm
hh mm
hh mm
01
06 12
17 26
11 19
22 40
08
06 15
17 22
16 14
04 09
15
06 18
17 19
21 13
09 57
22
06 21
17 16
02 42
14 58
29
06 24
17 15
10 04
21 28
 


Fases da Lua

 


 
Fase
 
Dia
 
hh mm
Quarto Crescente
 
02
 
23 47
Cheia
 
10
 
18 42
Quarto Minguante
 
18
 
21 33
Nova
 
25
 
16 44
 


O Sol nas constelações

 


01 a 13 de maio, em Áries
14 a 31 de maio, em Touro


Visibilidade dos Planetas

 


 
Mercúrio   Visível, pouco antes do nascer do Sol, a leste.
Vênus   Visível, pouco antes do nascer do Sol, a leste.
Marte   Visível, depois do pôr do Sol, a oeste.
Júpiter   Visível a partir do pôr do Sol.
Saturno   Visível, durante toda a noite até o nascer do Sol.
 
Dados do anuário 2017 do Observatório Nacional


Em destaque

The Grand Finale

É bem provável que você já tenha escutado ou lido isso recentemente, mas não é o final de uma ópera, o nome de um livro nem de um restaurante. Estamos falando do final de uma missão incrível, a Cassini. Esta sonda foi lançada em outubro de 1997 com o objetivo de explorar Saturno e suas luas, principalmente Titã. Após 7 anos de viagem, passando por Marte, pelo cinturão de asteróides e por Júpiter, Cassini chegou à Saturno. Já na chegada foram descobertas duas novas luas. Logo depois a sonda se inseriu na órbita de Saturno e passou a mirar em Titã. No final de 2004 a pequena sonda Huygens se separou da Cassini e rumou para Titã, onde pousou em janeiro de 2005. Ela sobreviveu por 72 minutos e nos permitiu obter muitas informações sobre esta lua. Ela também enviou informações que permitiram inferir que Enceladus e Titã têm potencial para um ambiente habitável, podendo conter formas de vida.

Vai acabar por quê?

Depois de quase 20 anos, 13 deles explorando Saturno, o combustível da Cassini está chegando ao fim e será impossível manobrá-la depois que isso acontecer. Para evitar que a sonda colida com umas das luas e a contamine, prejudicando futuros estudos sobre a presença de vida nelas, os cientistas que coordenam a missão resolveram que até setembro de 2017 ela vai realizar 22 “mergulhos” nos anéis de Saturno para nos mandar informações sobre como são realmente formados, sobre o campo magnético do planeta etc. Assim os cientistas poderão aperfeiçoar nossa compreensão sobre a formação e evolução dos planetas gigantes e dos sistemas planetários em geral. O último mergulho será na atmosfera de Saturno. Nós aqui no MAST vamos acompanhar de perto essa aventura. E você?


carta celeste de maio

carta celeste de maio (para impressão)

  Menu

Informações

Programação do mês
Céu do mês
Como chegar

Atividades

Exposições
Programa de Observação do céu
Inclusão científica
Visita Escolar Programada

Contato

Contato: Alan Scarlato Remedio
Telefone: 55 21 3514-5229
E-mail: agendamento@mast.br